Veranistas devem ter Licença de Pesca Amadora para pescar no Rio Tramandaí

Pescadores que não tiverem a licença podem ser multados e perder seus materiais

Durante a época de veraneio é comum os visitantes de Tramandaí e Imbé utilizarem da pesca nas miniplataformas e na ponte Giuseppe Garibaldi, como lazer e diversão, porém é necessário tomar certas medidas antes de lançar o caniço nas águas do Rio Tramandaí. A primeira e mais importante ação é a obtenção da Licença de Pesca Amadora, encontrada no site http://sinpesq.mpa.gov.br/pndpa/web/ pertencente ao Ministério da Pesca e Agricultura ou em uma agência do Banco do Brasil, pois sem ela, o pescador pode ter seus materiais apreendidos ou até ser multado, e a multa mínima para esta contravenção é R$ 700.

Como estamos na época da desova do bagre, sua pesca esta proibida até o dia 31 de março. Também há certas restrições para o tipo de material usado, e em que local esta sendo feita a pesca. Na ponte Giuseppe Garibaldi, a tarrafa está proibida, podendo pescar apenas com caniços simples ou com carretilha, e nas miniplataformas de pesca, a tarrafa só poderá ser usada por pescadores com a Licença Profissional. Para os pescadores com Licença Amadora, estão liberados os caniços simples, com carretilha ou molinete, e o uso do puçá, espécie de taquara com uma rede em forma de círculo na ponta. O sargento da PATRAN (Patrulha Ambiental do Litoral Norte) Marco Antonio Fortes lembra que há uma prática comum nessa época que também está proibida. “Agora no verão é muito comum os pescadores colocarem vários anzóis em um caniço só e fazerem uma espécie de arrastão. Mas essa prática é proibida, sendo permitidos no máximo três anzóis por caniço”, destacou Fortes.

Os pescadores profissionais, que vivem da pesca, são solidários aos veranistas que querem se divertir pescando no Rio Tramandaí, porém pedem que os mesmos tenham consciência ambiental, e não pesquem peixes em crescimento ou em época de reprodução ou desova, como o bagre. “Tem que preservar, pois se você pesca um peixe que está desovando, ou que é muito pequeno você estará afetando a pesca e aqueles que vivem disso. Os órgãos responsáveis deveriam orientar o veranista que pesca por lazer”, ressaltou Fábio Barsky, que pesca há 21 anos. Os pescadores também afirmam que nos finais de semana as miniplataformas ficam lotadas de pescadores, tanto profissionais como amadores, convivendo em harmonia pela vontade de pescar.

Do Guia da Pesca = Essa noticia serve como  alerta para a pesca em Tramandaí, mas vale lembrar que a Licença de Pesca é exigida em todo território nacional, portanto, não vale arriscar  perder os equipamentos e ainda levar multa.
E vamos respeitar épocas de defeso e piracema

http://www.jornaldimensao.com.br

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

3 Comentários

  1. O ministério da pesca está pegando no pé dos pescadores de praia chegando a confiscar seus materiais, enquanto as redes estão sendo colocadas na orla do rio a mais ou menos 300m da orla.
    Sem falar nos surfistas que colocam a vida dos banhistas em risco, queria saber que providencia vai ser tomada.
    Porque não reservar partes de praia para que possamos utilizarmos na pratica da pesca de caniço, pois, não faz mal nenhum aos banhistas e nem a natureza. E a poluição? sem comentário.

  2. Renato Ariateu Gomes Filho

    Não sou contra a regulamentação da atividade pesqueira, assim como não sou contra a regulamentação de todas as atividades, mas quase morri de rir ao ler que” Os pescadores profissionais, pedem que os veranistas tenham consciência ambiental, e não pesquem peixes em crescimento ou em época de reprodução ou desova”… Esses pescadores profissionais são os que mais agridem a natureza, usando redes de arrasto, pegando tudo que cai nessas redes, sejam filhotes, fêmeas em desova, espécies protegidas, corais… tudo. Só rindo mesmo, pois parece piada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.