Tuvira

tuvira.gif

Nome Popular:
Tuvira.

Nome Científico:
Gymnotus carapo .

Ocorrência:
Todo território nacional.

COMENTÁRIOS:
Espécie de característica muito curiosas. É “peixe-elétrico” pela capacidade de produzir pequenas descargas utilizadas na captura de presas e possui respiração aérea, o que aumenta sua capacidade de sobrevivência. Alimenta-se principalmente de insetos aquáticos e durante a noite, podendo atingir tamanhos ao redor dos 80cm. de comprimento. Sua importância na pesca esportiva é na utilização como isca para os grandes bagres. Ocorre abundantemente no Pantanal Matogrossense, bacia do São Francisco onde é chamada de sarapó e no Cento-oeste.

Características:
Sem nadadeiras dorsal e ventral e com a anal muito longa, estendendo-se por quase toda a face ventral. Tem o corpo afilado posteriormente, com escamas ausentes ou quase imperceptíveis, e orifício anal localizado sob a cabeça. Alimenta-se de pequenos vermes, lodo e plâncton.

Pesca:
Muito utilizada como isca para pintados, dourados, barbados, palmito. Habitam rios e lagos de águas paradas que tenham muita vegetação.

Outros Nomes:
juvira, ituí, peixe-espada, sarapó.

Veja também

Fiscalização Secima

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …