Sema e Polícia Militar apreendem apetrechos em ranchos da região

Temos a proposta de inibir esse tipo de pesca irregular, principalmente agora, na época de reprodução dos peixes

Uma equipe formada por fiscais da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e Polícia Militar Ambiental apreendeu 22 redes, seis tarrafas, 911 anzóis de galho, 12 espinheis, três molinetes e três varas de pescar numa ação que aconteceu no final de semana em 11 ranchos nas margens dos rios Arinhanha, Araguaia e Taquari, na divisa do Estado de Mato Grosso com Goiás.

Segundo o diretor regional da Sema em Rondonópolis, Silvestre José de Arruda, a fiscalização ocorreu após a Ouvidoria do órgão receber uma ligação anônima informando que nos ranchos havia muito material para pesca predatória. “Temos a proposta de inibir esse tipo de pesca irregular, principalmente agora, na época de reprodução dos peixes”, externou Silvestre Arruda.

De acordo com o representante da Sema, o que surpreendeu foi o tamanho das redes. “Acreditamos que com essas redes algumas pessoas iriam fazer um arrastão nestes rios, uma vez que o material possibilitava a esses pescadores esticarem as redes ligando uma margem do rio à outra, prendendo tudo pela frente, principalmente os peixes”, diz.

Ele explica que nos ranchos não foram encontrados os proprietários, apenas os caseiros da região. Porém, os donos de propriedades na região poderão responder a ações judiciais.

Veja também

Projeto Prorobalo Unesp de Registro capacita guias de pesca

É promovida a prática da pesca amadora responsável Projeto da Unesp de Registro vem promovendo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.