Secretário não vê razão para proibir pescaria na Lagoa Maior – MS

A pescaria na Lagoa Maior, segundo o secretário do Meio Ambiente, não provoca dano ambiental

Lagoa Maior em Tres Lagoas - MSApesar de ter recebido parecer técnico recomendando uma análise sobre a possibilidade da adminsitração municipal proibir a pesca na Lagoa Maior, o secretário municipal de Meio Ambiente, Cristovam Lages Canela, afirmou que não vê no momento nenhuma razão para esse proibição. “Observo que a pescaria existente naquele local é artesanal e contemplativa. Os pescadores não provocam nenhuma alteração no ecossistema.

Ao ser indagado sobre o fato de que antes de incentivar a pesca a prefeitura deveria analisar se os peixes que vivem na lagoa não estão contaminados por conta da qualidade da água da lagoa, o secretário disse que primeiro precisaria reunir mais informações sobre o assunto com sua equipe, para esclarecer esta questão. Este questionamento partiu da professora Maria José Alencar Vilela, doutora em Ecologia, do Departamento de Ciências Naturais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, responsável pelo parecer técnico, encaminhado ao secretário em maio deste ano.

Porém, ele ressaltou que a “identificação e fiscalização da ação nefasta daqueles que ligam a rede de esgoto nas galerias pluviais situadas no entorno da Lagoa Maior é imprescindível para qualquer atitude que envolva a qualidade da água do local”.

Embora a decisão de se proibir ou não a pesca na Lagoa seja um assunto que deva ser amplamente debatido pela comunidade, inclusive com realização de audiência pública, o Jornal do Povo ao conversar com alguns moradores da Cidade, verificou que a maioria é a favor da proibição.

Fonte = Jornal do Povo de Três Lagoas

Lagoa Maior, ou Lagoa Primeira, ou Primeira Lagoa, é o nome dado à principal das três lagoas urbanas que nomeiam a cidade de Três Lagoas, no estado de Mato Grosso do Sul, Brasil.

A Lagoa Maior encontra-se localizada a 20º46’S; 51º43’W, ocupa uma área de 418.000 m2, e sua profundidade não ultrapassa três metros.

A Lagoa Maior também serve de habitat para muitas espécies, como jaçanãs, jacarés e capivaras. De qualquer maneira, “o processo de urbanização desta lagoa, realizado pela prefeitura do município, alterou drasticamente a paisagem, tendo sido verificadas (…) a construção de canais de contenção de águas pluviais em suas margens, a remoção da vegetação flutuante do seu interior (nenúfar Nymphaea sp., salvínia Salvinia auriculata e aguapé Eichornea sp.) e a substituição da vegetação herbácea e arbustiva marginal por gramado.”

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.