PMA prende dois por pesca predatória em Piraputanga

Pesca ilegalPoliciais Militares Ambientais de Aquidauana prenderam hoje pela manhã ALEXANDRE DE OLIVEIRA e CÂNDIDO DE ALMEIDA, residentes em um local denominado “Pesqueiro do Dinho”, no distrito de Piraputanga. Eles praticavam pesca durante a piracema e ainda em local proibido e com petrechos proibidos (Tarrafa).

O local da pesca era uma corredeira denominada “BAMBU” no rio Aquidauana, no distrito de Piraputanga. Estes locais, a PMA considera como pontos críticos, pois, os cardumes nestes pontos ficam muito vulneráveis e, elementos com petrechos do tipo tarrafa e redes, conseguem dizimar um cardume rapidamente.

A PMA instalou 10 postos nestes pontos, onde há policiais 24 horas e outros monitorando os cardumes, no intuito de prevenir a pesca predatória. Com esta estratégia, a PMA tem prendido elementos inescrupulosos como os que foram presos hoje, sem que eles consigam capturar grande quantidade de peixes.

Com os pescadores foram apreendidos 01 tarrafa e apenas 03 peixes, totalizando 03 kg: 02 “jurumpensem” e 01 “saicanga”. Ambos os infratores receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de polícia civil de Aquidauana, onde foram autuados em flagrante pelo crime ambiental cometido. Se condenados, poderão pegar pena de 01 a 03 anos de detenção.

Cada pescador foi também autuado administrativamente e multado em R$ 760,00.

Fonte = MS Noticias

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.