Piauí – Piscicultores comemoram boas vendas

Os produtores da Associação de Piscicultores de Elesbão Veloso, cidade localizada a 155 quilômetros ao sul de Teresina, no Piauí, comemoram os resultados da comercialização do pescado no período da Semana Santa.

Segundo o piscicultor José da Silva Soares, mais conhecido como Zeca Soares, a produção de peixes naquela cidade é trabalhada por safras, durante a época das chuvas.

Trabalhamos a produção somente no período chuvoso, quando nossos açudes estão cheios. Mas alguns produtores conseguiram fazer alevinagem em novembro do ano passado e a despesca na Semana Santa. Todo o pescado produzido foi comercializado a preços bastante competitivos — destaca Zeca Soares.

De acordo com o piscicultor, a comercialização foi a melhor dos últimos tempos, se considerado o mesmo período de anos anteriores.

— Depois do projeto do Sebrae-PI tudo mudou na piscicultura de Elesbão Veloso. Antes não tínhamos nenhum tipo de organização da atividade nem dos produtores da região. Nossos conhecimentos eram muito limitados. Depois dos cursos do Sebrae aprendemos bastante, o que tornou possível a melhoria da qualidade do pescado, o aumento da produção e da lucratividade — explica Soares

A Associação de Piscicultores de Elesbão Veloso possui atualmente 22 afiliados, que trabalham com a produção de peixes em viveiros escavados. Entre as ações que o Projeto de Piscicultura, executado pelo Sebrae/PI, desenvolve junto a esses produtores estão cursos de gestão, preservação ambiental, manejo e cooperativismo, além de consultorias gerenciais e tecnológicas.

— O curso de gestão empresarial no setor rural foi bastante proveitoso, tendo me ajudado a entender melhor meu empreendimento. Outro treinamento interessante foi o de gestão ambiental, que nos mostrou que a preservação do ambiente garante a continuidade da atividade — comenta Soares.

Outro fator relevante que tem garantido o sucesso da cadeia produtiva da piscicultura em Elesbão Veloso é o espírito de cooperativismo dos produtores. Com o apoio do Sebrae-PI foi constituída uma a Associação de Piscicultores do município, o que tem contribuído para alavancar a atividade naquela região.

Para o gestor do Projeto de Piscicultura, João Pinheiro Júnior, esse panorama atual da cadeia produtiva da piscicultura em Elesbão Veloso é fruto, principalmente, das capacitações que o Sebrae-PI realiza, do cultivo racional de peixes e do acompanhamento técnico, através de um engenheiro de pesca.

— Esses resultados nos mostram que estamos executando o projeto de maneira correta, atingindo as suas metas que são aumento da produção, organização social dos produtores e gestão ambiental responsável — diz Pinheiro.

Ainda este ano, serão implantados em Elesbão Veloso dois novos projetos no segmento da piscicultura, sendo um de tanques-rede com quarenta tanques e outro de viveiros escavados para alevinagem e engorda dos peixes. Com isso, há a previsão de aumento da produção em 50% em relação a 2008, quando foram comercializados 40 mil quilos de pescado.

O Projeto de Piscicultura do Sebrae no Piauí iniciou suas atividades em 2008, tendo prazo de execução de três anos. Os interessados em saber um pouco mais sobre piscicultura, como funciona, investimentos e viabilidade desta atividade no Estado devem procurar a Unidade de Atendimento Coletivo Desenvolvimento Territorial do Sebrae/PI, localizada no 1º andar da sede da Instituição em Teresina, na Avenida Campos Sales, nº 1046, Centro.

AGÊNCIA SEBRAE

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.