Pantanal – PMA apreende petrechos de pesca em acampamento no rio Negrinho

Os pescadores fugiram ao avistarem a fiscalização e abandonaram vários materiais proibidos para a pesca.

 

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Corumbá (MS), em fiscalização fluvial ontem (17), no rio Negrinho, na confluência com os rios Taquari e Paraguai-mirim, a 130 km da cidade de Corumbá, localizou um acampamento de pescadores na margem do rio.

No acampamento, que não estava totalmente armado; havia duas redes de pesca, totalizando 245 m de comprimento; uma canoa de madeira de 5 m; dois remos de madeira; duas caixas de isopor e um motor de popa com rabeta, além de outros materiais: panelas; pratos; garfos; facas; botijões de gás pequeno; fogareiro portátil de duas bocas; redes para descanso; mosquiteiros; roupas; mochilas; lonas para utilização em cobertura e alimentos.

Pela quantidade de materiais no acampamento, os policiais calculam que havia vários pescadores e tinham a intenção de praticar a pesca com utilização de redes de pesca, que caracteriza a pesca predatória, no entanto, a ação dos pescadores foi impedida pela da PMA que estava realizando fiscalização com intuito de prevenir crimes ambientais.

Os policiais ainda permaneceram escondidos à noite, no intuito de capturar algum pescador que pudesse volta para buscar os equipamentos, porém, ninguém voltou. Os materiais foram recolhidos e serão encaminhados à polícia civil, que investigará no intuito de localizar os criminosos.

Fonte

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.