MS – PMA confere estoque de duas peixarias em Campo Grande

Campo Grande (MS) – A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Campo Grande começou, hoje (9) pela manhã, a fiscalização dos estoques das peixarias que executaram a declaração de estoques de pescado, por causa da piracema. De acordo com a PMA, não foram encontradas irregularidades nos estabelecimentos fiscalizados. A vistoria continua até o final do período de defeso, dia 28 de fevereiro de 2010.

Segundo a PMA, a finalidade da fiscalização de estoques é evitar que os estabelecimentos adquiram pescado proveniente da pesca irregular. A vistoria será efetuada durante todo o período de piracema de forma aleatória e atendendo denúncias da população, que têm aumentado a cada ano.

O chefe de comunicação da Polícia Militar Ambiental, capitão Ednilson Queiroz, explica que, nos últimos anos, a PMA não tem encontrado problemas nos estoques no início da piracema. “Os problemas encontrados têm sido mais para o meio do período, quando os estoques das peixarias começam a diminuir e, alguns estabelecimentos, acabam adquirindo pescado sem origem”, conta.

Os comandantes das 22 Subunidades da PMA possuem autonomia para fazer a conferência de estoques e fiscalização dentro do planejamento adequado para cada região.

Peixaria

Fonte = Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.