Ministro entrega 19 escavadeiras hidráulicas para municípios catarinenses

Investimento com as máquinas chega a R$4 milhões

O ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, entrega nesta segunda-feira (24/05) em Florianópolis, 19 máquinas retro-escavadeiras e escavadeiras hidráulicas para municípios de várias regiões do Estado. As máquinas serão usadas para a abertura e recuperação de tanques escavados e açudes, obras fundamentais para o crescimento da piscicultura nos municípios catarinenses. Os recursos investidos nos equipamentos chegam a R$4 milhões. O ato terá início às 8h30, no Plenarinho Paulo Stuart Wright, da Assembléia Legislativa de Santa Catarina.

Com mais essa entrega, chega a 25 o número de máquinas entregues pelo Ministério da Pesca a municípios catarinenses somente nos últimos 30 dias. As cidades que receberão as escavadeiras e retroescavadeiras são Agrolândia, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Benedito Novo, Cunhataí, Curitibanos, Içara, Irati, Jacinto Machado, Imaruí, Ipumirim, Leoberto Leal, Massaranduba, Rio Fortuna, Papanduva, Salete, Santa Helena, Porto Belo e São Joaquim.

A piscicultura tem sido uma de nossas grandes prioridades em todo o Brasil. E para Santa Catarina, essas máquinas serão de extrema importância, porque assim os municípios terão uma estrutura exclusiva para abrir tanques e produzir mais peixe”, destaca o ministro Gregolin. “E peixe nas propriedades rurais significa alimento saudável, proteína nobre, e uma alternativa a mais de renda”.

O ministro ressalta ainda a importância dos programas desenvolvidos pelo Ministério da Pesca para estruturar toda a cadeia do pescado. Investimentos em crédito, assistência técnica, fábricas de gelo, máquinas, estruturas de processamento do pescado e incentivo ao consumo são ações que vêm sendo desenvolvidas pelo ministério. “Hoje o consumo vem aumentando muito, e o nosso desafio é aumentar a produção. Atualmente estamos importando 20% do pescado que consumimos. A nossa produção pode e vai abastecer essa demanda” prevê Gregolin.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.