Lago do Cuniã: Equipes da Setur e Sedes visitam reserva extrativista

Para verificar a possibilidade da celebração de convênio com a Cooperativa de Pescadores, Aquicultores, Agricultores e Extrativistas – Coopcuniã.

Visita a reserva extrativista Lago do Cuniã

Basílio Leandro expôs a vontade do governador Confúcio Moura em atender as melhorias reivindicadas. Anunciou também, que passa pelos planos da Setur a implantação da mais nova modalidade de turismo a ser explorada no estado, a caça esportiva.

O Lago do Cuniã é uma reserva biológica de imensa beleza, com uma riqueza de fauna e flora imensa, cobiçada por muitos e acessível a poucos. Devido a uma superpopulação de jacarés, os moradores reclamam há tempos de ataques sofridos pelos animais, inclusive com mortes de crianças, da diminuição da população de pescado, etc.

Uma solução encontrada foi a implantação de uma estação de tratamento, beneficiamento e conservação de carne de jacaré e pescado, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Segundo as regras do Ibama e outros órgãos ambientais, a comunidade local pode abater uma média de 300 animais adultos por ano, para extração de carne e couro.

A caça esportiva entraria nesta cota, gerando mais renda e divisas para população local, alem de uma arrecadação exponencial de impostos para o governo e com um detalhe: todo animal capturado pelo turista deverá ser devolvido vivo à natureza.

Dentre as reivindicações, a mais recorrente foi o pedido de escascalhamento da estrada que liga ao distrito de São Carlos. França ouviu o pedido e ficou de encaminhá-lo ao governador Confúcio Moura, observando, contudo, as dificuldades para transportar os pesados equipamentos DER. A estrada, que está intransitável devido às chuvas, é uma importante via de escoamento da produção dos moradores da reserva.

A noite a equipe embarcou nas voadeiras e foram assistir como é feita a caça aos jacarés. Na ocasião três animais foram capturados, que foram medidos, identificados, fotografados e devolvidos à natureza.

 

DECOM

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.