Greenpeace bloqueia ministério em Paris por atum vermelho

Membros da ONG bloquearam entrada do ministério francês de agricultura e pesca com um “atum-móvel”

Membros da organização ambientalista Greenpeace bloquearam nesta quarta-feira, durante várias horas, uma das entradas do Ministério Francês de Agricultura e Pesca com um “atum-móvel”, um veículo com um grande peixe de plástico, para protestar contra a posição da França em relação à pesca do atum vermelho.

“Estamos aqui para denunciar a posição de Bruno Le Maire, ministro da Agricultura e Pesca, na questão das cotas do atum vermelho”, disse François Chartier, responsável pelo Greenpeace.

As organizações ambientalistas querem que a Comissão Internacional para a Conservação do Atum Atlântico (ICCAT) reduza a cota até 6 mil toneladas anuais, enquanto a França, apoiada por outros membros da União Europeia, tenta manter a parcela atual de 13,5 mil toneladas anuais.

A organização ambientalista defende “uma paralisação imediata da pesca industrial do atum vermelho a partir deste ano, que deve ser decidido na próxima ICCAT”, em Paris, entre os dias 17 e 27 deste mês. A cota mundial de pesca do atum vermelho passa das 13,5 mil toneladas, das quais a UE tem 7,104 mil.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.