EUA apoiarão proibição do comércio de atum, contrariando o Japão

WASHINGTON — Os Estados Unidos anunciaram, nesta quarta-feira, que apoiarão uma eventual proibição do comércio internacional de atum vermelho, durante reunião sobre comércio de espécies ameaçadas, prevista para meados do mês, uma medida à qual se contrapõe o Japão, importante consumidor do pescado.

Tom Strickland, vice-secretário do Interior para Pesca e Vida Natural, disse que Washington ofereceu “apoio à proposta de proibir totalmente o comércio internacional de atum vermelho no Atlântico”, no encontro da Convenção Internacional sobre Comércio de Espécies Ameaçadas (CITES, na sigla em inglês), a ser celebrada entre 13 e 25 de março, em Doha, capital do Qatar.

Integram a CITES 175 países.

Gráfico com dados sobre o atum vermelho e lista dos principais países produtores.

(AFP)

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.