Delegacia do Meio Ambiente e Sema apreendem cerca de 300 quilos de pescado em Mato Grosso

Mato Grosso piracemaPoliciais da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) e fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) realizam, na tarde desta segunda-feira (07.12), uma fiscalização na região de Valo Verde, município de Várzea Grande, para apuração de denúncia de crime ambiental. Duas pessoas estão presas e quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos na comunidade

Cerca de 300 quilos de pescado irregular foram apreendidos. Uma parte do pescado estava na beira do rio, embaixo de folhas de bananeiras e a outra numa carroça conduzida por um menino, também às margem do rio. Os irmãos Wagner Pedroso da Silva e Valdinei Pedroso da Silva, ambos maiores de idade, foram presos na porta de entrada da casa onde moram, na comunidade Valo Verde. Um deles estava com um pacú na mão. Tudo indica que o pescado pertencia aos dois irmão, que passaram o dia na beira do rio.

Conforme o delegado Roberto Amorim, presos vão responder por crime de pesca predatória, previsto no artigo 34 da Lei 9.605/1988 e ainda poderá ser aplicada multa administrativa por parte da Sema. O pescado foi levado para Delegacia da Natureza, no bairro Carumbé, onde serão pesados por peritos.

Assessoria/PJC-MT

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.