Comitê Gestor de Pesca e Aquicultura do Reservatório de Capivara é definido

O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) através de sua superintendência no estado do Paraná, realizou em Alvorada do Sul juntamente com a Associação dos Funcionários Municipais de Alvorada do Sul (ASFUMAS), reunião para deliberar a formação do Comitê Gestor de Pesca e Aquicultura do Reservatório de Capivara Margem do Estado. O objetivo é de consolidar o controle social dos atores, pescadores e aquicultores e poder público no processo de implantação dos parques aquicolas.

Nós do MPA, estamos investindo nas represas do rio Paranapanema, 2,6 milhões para os estudos de implantação dos parques aquicola”, declara o superintendente do Ministério da Pesca e Aquicultura no estado, José Wigineski mais conhecido como Zeca. Segundo o superintendente, o potencial produtivo para todas as represas do Paranapanema é de 90 mil toneladas anual.

Durante o evento foi apresentado o regulamento do comitê e foi escolhida a diretoria provisória com a seguinte formação: presidente, Luiz Henrique Fernandes – Estância Alvorada, Vice Presidente, Marcos Roberto Moreno (Piscicultor de Primeiro de Maio) e secretária executiva, Josiany Baise (Secretária de Agricultura do Município de Florestópolis). A comissão deliberou que o conselho gestor e demais membros tenham atuação integrada das organizações oficiais e privadas, tornando-a referencial para as novas iniciativas nos demais reservatórios da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema.

A reunião contou com a participação de todos os secretários de Agricultura do estado e quatro prefeitos municipais, Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná – SEAB, Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER), Polícia Ambiental Força Verde e Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Representantes de colônias e associações de pescadores e piscicultores também participaram da reunião, além de sessenta pessoas ligadas à pesca e a cadeia produtiva do peixe e mais de cem lideranças regionais.

Durante a reunião, Zeca informou sobre a estrutura de trabalho do Ministério da Pesca e Aquicultura no Paraná e sobre a política nacional para o desenvolvimento do setor com o objetivo de estimular a estruturação e gestão compartilhada das atividades da pesca e piscicultura da região, gerando emprego, aumento de renda e inclusão social. Entre as prioridades, está o propósito do Plano Nacional de Implantação de Parques Aquícolas em Águas Públicas da União que prevê a implantação de uma unidade proposta em cada uma dos reservatórios da Bacia do Paranapanema até o final do ano, incluindo a da Represa Capivara.

A Usina Hidrelétrica Escola Engenharia Mackenzie, também denominada de Represa Capivara, formada em 1975, faz parte atual das usinas administradas pela Duke Energy International, ocupando com seu reservatório de acumulação 515 km2 de superfície para gerar 640 MW, tendo como principais tributários paranaenses os rios Tibagi e Cinzas.

Durante o evento, o prefeito de Alvorada do Sul, Marcos Antonio Voltareli relatou que se trata de mais uma conquista para a indústria do pescado que se apresenta como outra grande alternativa de trabalho para o município e para toda a região. “O investimento fortalecerá a economia do município, a industrialização trará inúmeros benefícios como o trabalho e renda”, declara Voltareli.

Apesar de o evento ter acontecido em Alvorada do Sul, envolve todos os municípios lindeiros como a represa Capivara, Porecatu, Primeiro de Maio, Florestópolis, Sertanópolis, Rancho Alegre, Sertaneja, Leopolis, Ibiporã e Jataizinho. Existe na região em torno de 1000 pescadores e 50 pisicicultores em tanques redes.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.