Ceará – Em época de Piracema, redes e tarrafas são apreendidas em açude

Fortaleza( 29/03/2010)O Ibama no estado do Ceará recolheu hoje 51 mil metros de rede tipo galão, 67 tarrafas e 9 tibungos. Todos foram retirados do açude Gavião, administrado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Cogerh. Os infratores não foram localizados, pois, quando avistaram a fiscalização chegando, abandonaram suas redes para evitar a autuação. Mesmo assim, as redes foram recolhidas, havendo, paralelamente à ação fiscalizatória, a descapitalização do infrator.

A parceria Ibama – Cogerh torna mais eficiente a fiscalização nos açudes cearenses, principalmente nesta época de defeso. A piracema, que teve inicio no dia 1º de fevereiro, só termina em 30 de abril.

Nesta época, os peixes migram dos reservatórios para a montante dos riachos e rios, visando a reprodução. No período, fica proibida a captura com uso de quaisquer petrechos com malha, o transporte, o armazenamento, a conservação, o beneficiamento, a industrialização e a comercialização dos peixes de piracema e de outras espécies de peixes no estado do Ceará, nas bacias hidrográficas dos rios Acaraú, Banabuiú, Coreaú, Curu, Jaguaribe, Poti (sub bacia do rio Parnaíba) e Salgado, assim como nas águas continentais das bacias Metropolitanas e do Litoral.

Mariângela Bampi
Ascom/Ibama/CE

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.