Campanha da Marinha em Iguape atendeu cerca de 250 pescadores da região

Esta foi uma Campanha bastante proveitosa, com um número significativo de atendimentos. É possível que isso tenha se dado por conta da boa divulgação

A Campanha Itinerante da Marinha do Brasil realizada de 20 a 23 de novembro de 2010, no município de Iguape, trouxe este ano uma novidade para a região, além da regularização de documentos de embarcações e carteira de piloto amador que já ocorreram na edição de 2009 no município de Cananéia, houve também a possibilidade dos pescadores profissionais renovarem a Carteira de Inscrição Regional – CIR. Esta foi uma solicitação da presidência da Colônia de Pescadores Z-9 de Cananéia e da gestão da Área de Proteção Ambiental (APA) Marinha do Litoral Sul para a Marinha do Brasil que atendeu prontamente o pedido.

Durante os quatro dias de Campanha foram realizados cerca de 250 atendimentos à população, sendo que renovações e emissões de carteiras de piloto amador somaram a maior procura (38%), seguidos pela regularização da CIR (32%) e de documentos de embarcações (30%). Segundo dados da APA Marinha do Litoral Sul/Fundação Florestal, durante a Campanha de 2009 a regularização de carteiras de piloto amador e emissão de novas totalizou 83% dos atendimentos realizados, e em 2010, embora a maior procura ainda tenha ocorrido neste segmento, as regularizações de embarcações aumentaram bastante em relação ao ano anterior. “Esta foi uma Campanha bastante proveitosa, com um número significativo de atendimentos. É possível que isso tenha se dado por conta da boa divulgação”, diz o representante da Marinha do Brasil, Sargento Spencer da Costa Silva.

Para o presidente da Colônia de Pesca Z-7 de Iguape, Rafael Ribeiro, a Campanha da Marinha traz benefícios aos pescadores que além da facilidade do atendimento no município, podem regularizar seus documentos pagando taxas mínimas. “O número de atendimentos desta edição da Campanha mostra que os municípios do Vale do Ribeira tem bastante demanda e reforça a necessidade de haver um posto fixo de atendimento da Marinha em algum município da região”, afirma Rafael.

A importância da continuidade de trabalhos como este também é citada pela gestora da APA Marinha do Litoral Sul, Alineide Lucena. “Para o trabalho de gestão da APA Marinha a regularização dos pescadores profissionais e amadores junto a Marinha e outros órgãos competentes é de extrema importância, pois regras e normas são discutidas durante as reuniões do conselho gestor desta Unidade de Conservação”. Segundo Alineide, a continuação da regularização dos pescadores na região é tão importante quanto à procura dos benefícios por parte dos pescadores.

Vale lembrar que a realização da Campanha Itinerante da Marinha do Brasil contou com o apoio logístico e de divulgação das seguintes instituições: Colônia de Pescadores Z-7 de Iguape, Prefeitura Municipal de Iguape, Prefeitura Municipal da Ilha Comprida, Instituto Chico Mendes de Biodiversidade – ICMBio e da APA Marinha do Litoral Sul.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.