Brasil lidera discussão sobre aquicultura com Comunidade Européia

Os países da América Latina e do Caribe interessados no desenvolvimento sustentável da aquicultura estarão representados nas comemorações do Dia Marítimo Europeu de 2010. O evento ocorre na cidade de Gijón, na Espanha, entre os próximos dias 19 e 21 de maio.

O governo brasileiro envia para as comemorações o secretário de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), Felipe Matias. Na oportunidade, Matias também será o interlocutor da Rede de Aquicultura das Américas (RAA), entidade da qual é secretário executivo. Reunindo 20 países e com sede no Brasil, a RRA foi criada no último dia 25 de março com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO).

Esta será uma excelente oportunidade para a integração de nossos países com as principais instituições européias voltadas para aquicultura”, avalia Felipe Matias.
Segundo ele, o fato da Rede de Aquicultura das Américas ser lembrada para participar do evento, apesar de sua recente criação, “mostra como a sua força e importância já são reconhecidas”. A aquicultura, ou seja, a criação de pescado em cativeiro, é uma importante alternativa para a oferta de alimentos saudáveis à população sem comprometer os estoques de rios e oceanos.

O Dia Marítimo Europeu é celebrado desde 2008 no dia 20 de maio de cada ano para dar visibilidade às questões marítimas e destacar a sua importância. Foi estabelecido pelo Conselho Europeu, o Parlamento Europeu e a Comissão Européia como parte integrante da política marítima da UE.Durante as comemorações serão realizados workshops e exposições. No dia 19, Felipe Matias participará do painel “Europa, América Latina – Encontro de Redes Regionais de Aquicultura”. O encontro reunirá, além de Felipe Matias, em nome do ministério e da Rede de Aquicultura das Américas, dirigentes da Fundação Chile; do Centro Nacional de Investigações em Aquicultura, da Colômbia; da Plataforma de Inovações Tecnológicas em Aquicultura da Europa; e do renomado Instituto de Aquicultura da Universidade de Stirling, da Escócia.

Atualmente a Espanha ocupa a presidência da União Européia. O Dia Marítimo Europeu deste ano envolverá 50 painéis sobre temas diversos, com o foco principal na inovação e no desenvolvimento sustentável dos setores marítimos e das regiões costeiras.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.