EUA preserva área marinha

ilha-de-pago-pagoPartes de três arquipélagos desabitados do Oceano Pacífico estão sendo reservadas pelo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, como monumentos nacionais, protegidos contra a exploração de petróleo, gás e a pesca comercial. Trata-se do maior esforço de preservação ambiental nos oceanos em toda a história.

As três áreas, que totalizam 505.760 quilômetros quadrados, incluem as Fossas Marianas e águas e corais ao redor de três ilhas desabitadas nas Ilhas Marianas do Norte, Atol Rosa e Samoa Americana, e sete ilhas encadeadas ao longo do equador no Pacífico.

Cada local abriga espécies únicas e algumas das formações geológicas mais raras da Terra – do maior caranguejo terrestre do mundo a um pássaro que incuba os ovos no calor de vulcões submarinos.

Em Pago Pago, na Samoa Americana, o governador territorial Togiola T.A. Tulafono disse que a designação do Atol Rosa como monumento nacional atrairá cientistas ao local. O atol abriga árvores gigantescas de 26 metros de altura e é uma zona vital de reprodução para tartarugas marinhas ameaçadas de extinção. Trata-se do menor atol do mundo, com apenas 8 hectares, ou 80 mil metros quadrados, de terra.

Pesca esportiva, turismo e pesquisas científicas continuam permitidos nos novos monumentos, e a proteção não conflitará com atividades militares ou com a livre navegação nos mares, disseram fontes da Casa Branca.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.