Um milhão de peixes repovoam o Rio São Francisco na Festa de Bom Jesus dos Navegantes

A população que prestigiou a Festa de Bom Jesus dos Navegantes em Penedo (AL) no último final de semana testemunhou o repovoamento do Rio São Francisco com a inserção de 1 milhão de peixes juvenis de espécies nativas promovida pela 5ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O peixamento do Rio São Francisco durante a Festa de Bom Jesus dos Navegantes já é uma tradição que se repete há anos como parte da programação do evento.

Muitos dos presentes, a maioria visitantes que aproveitam a festa religiosa para conhecer a cidade, ficaram admirados quando os peixes começam a cair da rampa diretamente no “Velho Chico”. É o caso da aposentada Maria José Carvalho, que veio de Maceió para Penedo somente para conhecer a Festa de Bom Jesus. “Essa é a primeira vez que vim aqui. Sei que estão recuperando o São Francisco. Acho que essa grande quantidade de peixes pode ajudar a dar nova vida ao rio. Esses peixes também deverão matar a fome de muitas famílias”, afirmou.

Segundo o engenheiro de pesca Álvaro Albuquerque, chefe do Centro de Referência em Recursos Pesqueiros e Aquicultura do São Francisco (Ceraqua/SF) da Codevasf, local responsável pela produção dos alevinos, a população deverá sentir os resultados deste peixamento nos próximos meses. “Daqui a aproximadamente oito meses, os peixes estarão no tamanho ideal para consumo. Isso certamente irá gerar renda para os pescadores, que terão mais produto para ser comercializado”, explicou.

O superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nelson de Azevedo, reafirmou o compromisso da companhia com as ações de peixamento em açudes públicos e comunitários, nos rios que integram a bacia do São Francisco e no próprio “Velho Chico”. “Inserir um milhão de peixes no São Francisco é uma vitória para a população ribeirinha. Hoje a Codevasf possui um centro tecnológico de aquicultura que consegue atender todas as nossas ações de peixamento, atendendo até outros estados. Quando repovoamos o rio, estamos não somente revitalizando o São Francisco, mas a vida das famílias que estão intimamente ligadas a ele”, declarou.

No próximo dia 07 de fevereiro, durante a Festa do Bom Jesus dos Navegantes no município de Piaçabuçu, localizado na foz do Rio São Francisco, a Codevasf irá realizar mais um peixamento com a inserção de 500 mil peixes juvenis.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.