Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Arquivo Tag: Arapaima gigas

Operação Lebreia combate tráfico internacional de alevinos de aruanã

Lebreia, sulamba e macaco d’água são outras designações dadas ao aruanã no estado do Amazonas Após operação conjunta entre Ibama, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Mamirauá e Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Estado do Amazonas, foram autuados em R$ 452 mil e presos em flagrante um colombiano e três brasileiros que praticavam a pesca ilegal …

Leia mais »

Fiscalização apreende 36 toneladas de pirarucu em supermercados de Belém

Brasília (12/11/2009) – Fiscais do Ibama iniciaram ontem uma operação em supermercados de Belém para verificar a comercialização de pirarucu (Arapaima gigas) abaixo do tamanho permitido. Até o momento, foram apreendidas 36 toneladas de mantas salgadas do peixe, conhecido como “bacalhau da Amazônia”. Os responsáveis pelos estabelecimentos onde estão sendo encontradas irregularidades no tamanho do pescado comercializado ou estocado são …

Leia mais »

Começa mais uma temporada de pesca manejada de Pirarucu no estado do Amazonas

Manaus  – Após a avaliação dos relatórios de pesca da temporada de pesca de 2008, realização das reuniões técnicas e encontro para discussões com as entidades envolvidas, a Superintendência do Ibama do Amazonas libera mais uma temporada de manejo da pesca de pirarucu (Arapaima gigas) nos lagos manejados. Essa é a 101ª temporada, e as atividades são autorizadas e acompanhadas …

Leia mais »

Pirarucu

O Pirarucu ( Arapaima gigas ) á um peixe exclusivo da Bacia Amazônica e característico das águas calmas de suas várzeas. Vive em lagos e rios tributários, de águas claras, brancas e pretas ligeiramente alcalinas e com temperaturas que variam de 24° a 37°C, não sendo encontrado em zona de fortes correntezas e águas ricas em sedimentos. A espécie apresenta …

Leia mais »