Seprotur debate amanhã licitação de áreas para piscicultura em MS

Campo Grande (MS) – A Câmara setorial da Piscicultura, órgão Consultivo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), debate amanhã (2), a partir das 9h30, a utilização das represas para fins aquícolas e ações para 2010. O evento contará com a presença do presidente da Comissão Especial de Licitação do Ministério da Pesca e Aqüicultura (MPA), Rodrigo Roubach.

Segundo o secretário executivo da Câmara, João Sotoya Takagi; a coordenadora do órgão consultivo, Aline Brun, fará uma exposição das atividades realizadas em 2009 e as ações proposta para 2010. Ele acredita que o setor, que neste ano cresceu 15% no Estado, em breve deva superar os atuais 2,5 mil hectares de tanques cavados, que respondem por uma produção de 5 mil toneladas ano.

Atualmente nossa produção está focada em tanques escavados, mas, a partir destas licitações de áreas de produção em represas das usinas hidrelétricas existentes no Rio Paraná – em tanques redes – devemos ampliar nossa produção, beneficiando, principalmente os pescadores e ribeirinhos, garantindo renda e emprego em nosso Estado”, declarou.

De acordo com dados do processo de concorrência do MPA para Mato Grosso do Sul, foram abertas 337 áreas de exploração localizadas no município de Aparecida do Taboado, todo com espelho d’água do Reservatório da UHE de Ilha Solteira. Deste total, 20 áreas estão disponíveis no Parque Aquícola do Córrego Badim, 139 áreas no Parque Aquícola Córrego Rio Grande, 36 áreas no Parque Aquícola Córrego Brejo Comprido, 120 áreas no Parque Aquícola Rio Santa Quitéria, e 22 áreas no Parque Aquícola Córrego do Cupins.

Ainda com base nos dados no Edital da Concorrência nº 05/MPA /2009 (disponível no endereço eletrônico: http://www.seap.gov.br), a produção máxima possível por cada uma das áreas aquícolas licitadas é de 48 toneladas por ano. O documento, também indica que, ontem (30), no Escritório Estadual do Ministério da Pesca e Aqüicultura no Estado do Mato Grosso do Sul, houve a abertura dos envelopes contendo a documentação relativa à Habilitação e as Indicações das Áreas Pleiteadas dos concorrentes.

Serviço:

Escritório Estadual do Ministério da Pesca e Aquicultura no Estado do Mato Grosso do Sul
Endereço: Avenida dos Estados nº 35 – Centro Campo Grande
Fone: (67) 3321-1190
Alexssandro Loyola – Seprotur

Fonte = Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

um comentário

  1. sebastiao sousa e silva

    gostei muito de entrar no saite e naveguei a vontade , e muita mais muita curiosidade parabens para vc esta otima as respostagens etc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.