Rio Uruguai – Batalhão Ambiental apreende 800 metros de redes

Operação foi realizada pelas 1ª e 2ª Companhias de Passo Fundo e Caxias do Sul para fiscalizar o período de piracema

Cerca de 800 metros de redes de pesca de diversas malhas foram apreendidas em operação das 1ª e 2ª Companhias Ambientais da Brigada Militar de Passo Fundo e Caxias do Sul no Rio Uruguai. A ação foi realizada quinta (20) e sexta-feira (21) nas barragens de Machadinho e Itá para fiscalizar o período de piracema.

Também houve a identificação de aproximadamente 30 pessoas que estavam fazendo pesca eventual com linha de mão, a qual não é proibida desde que respeitados os locais discriminadas nas portarias do Ibama para o Rio Uruguai.

A pena de detenção para quem for flagrado pescando em período proibido ou em lugares interditados por órgão competente, com uso de aparelhos, petrechos, técnicas e métodos não permitidos, é multa e até detenção de 1 a 3 anos.

ZERO HORA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.