Proibida coleta, colheita e comercialização de mexilhões em praia de Santa Catarina

Brasília – O Comitê Nacional de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos Bivalves (CNCMB) publicou no Diário Oficial da União de hoje (10) portaria proibindo, por prazo indeterminado, a coleta, colheita e comercialização de mexilhões da Praia Alegre, município de Penha, em Santa Catarina.

A medida tem prazo retroativo a 5 de novembro e só será revogada após resultados de análises que demonstrem condições sanitárias para a comercialização e o consumo do mexilhão da região afetada. A decisão levou em conta a concentração de algas nocivas nas áreas de cultivo e a presença da toxina DSP (Diarrhetic Shellfish Poisoning) na carne de mexilhões.

Christina Machado
Repórter da Agência Brasil

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.