Polícia apreende mais de 600 kg de camarão no RS

Camarão vivo apreendido foi devolvido à natureza, segundo a PF

Mais de 600 kg de camarão foram apreendidos, na madrugada desta sexta-feira (7), em duas operações nos municípios de Mostardas (RS) e Tavares (RS), onde está localizada a Lagoa do Peixe. Segundo a Polícia Federal (PF), nenhum pescador foi encontrado no local da apreensão.

A fiscalização foi realizada pelo Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, a Patrulha Ambiental da Polícia Militar e a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e ao Patrimônio Histórico da Polícia Federal. A operação pretende reprimir a pesca ilegal do camarão-rosa no período de defeso.

Foram encontrados, segundo a PF, cerca de 600 kg de camarão vivo em 13 redes de pesca e 20 kg de camarão congelado e embalado. Os animais vivos foram devolvidos à natureza e a carga congelada deve ser destinada a instituições de caridade.

De acordo com a polícia, a pesca do camarão-rosa é proibida nesta época do ano, período de defeso da espécie. O descumprimento dessa proibição pode levar a detenção de até 3 anos.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.