PMA prende pescador profissional no Rio Paraná

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu, em fiscalização no lago da Usina Sérgio Mota, prenderam ontem o pescador profissional paulista R. F., residente em Presidente Epitácio-SP. Ele pescava fazendo uso de redes com malha em tamanho inferior ao permitido, portanto, com petrechos proibidos, o que caracteriza crime ambiental. Com o pescador foram apreendidos 1 motor de popa, 1 barco, 10 redes de pesca e 7 kg de pescado.

Diante do crime, foi dada voz de prisão a RAFAEL, que foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil de Bataguassu, onde ele foi autuado em flagrante pelo crime ambiental de pesca predatória. Ele saiu após pagamento de fiança e responderá ao processo em liberdade. Se condenado, poderá pegar pena de 01 a 03 anos de detenção.

Os policias ainda efetuaram um auto de infração administrativo e aplicaram multa no valor de R$ 900,00 contra o autuado.

O pescado foi doado para instituição filantrópica de Bataguassu.

Por Redação Pantanal News/PMA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.