PMA apreende 63 kg de peixes do Parque Várzeas do Ivinhema

Apresentavam sinais de captura por petrecho de malha

Policiais Militares Ambientais de Batayporã, durante patrulhamento fluvial no rio Baía, na área do parque Várzeas do Ivinhema, no município de Taquarussu, apreenderam na tarde desta segunda-feira (14), 63 quilos de pescado em um acampamento clandestino.

Antes de entrar na área do Parque, os policiais abordaram dois pescadores que estavam em uma embarcação praticando pesca legalmente, com licença e com petrechos permitidos. 40 minutos abaixo já na área do Parque, os policiais localizaram o acampamento, onde foi encontrado 63 quilos de pescado, que apresentavam sinais de captura por petrecho de malha e vários exemplares estavam fora da medida permitida.

No acampamento, os policiais encontraram uma máquina fotográfica digital, com fotos dos elementos que haviam sido abordados anteriormente, inclusive, algumas fotos deles retirando pescado de redes. Os autores fugiram.

Os policiais apreenderam o pescado, a máquina fotográfica e encaminharam à delegacia de polícia civil de Taquarussu, visando à identificação dos pescadores, para que eles possam responder por crime de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Vários documentos encontrados no acampamento, além das fotos, irão facilitar na identificação.

Cada pescador será autuado administrativamente e também receberá multa que vai de R$ 700 a R$ 100 mil, mais R$ 20 por cada quilo do pescado ilegal.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.