Pescadores participam de capacitação e sugerem mudanças no Mercado de Peixes em Ubatuba

Reivindicações resultaram em um documento, que servirá para nortear as ações e reformas que têm previsão de acontecer dentro de dois anos

Cerca de 100 pessoas, entre pescadores, donos de embarcações e comerciantes do Mercado Municipal de Peixes de Ubatuba receberam um treinamento relativo à qualidade do pescado, nos dias 16 e 17. O objetivo da capacitação foi preparar os fornecedores para o trabalho durante a temporada 2009/2010.

Ministrado por técnicos do Instituto de Pesca de Santos, o curso contou também com a participação de representantes da Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento.

Durante o evento, os representantes do setor pesqueiro puderam falar sobre suas dificuldades e fizeram reivindicações que resultaram em um documento que servirá para nortear as ações e reformas que têm previsão de acontecer dentro de dois anos. Entre as principais dificuldades ressaltadas pelo setor pesqueiro, está a necessidade de melhorias na infraestrutura no Mercado de Peixes.

A secretária de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Valéria Gelli, afirma que essa capacitação faz parte do Programa Manejo Sustentado da Pesca. “Estamos dando continuidade a esse programa que visa contribuir com os setores produtivos do município e o escoamento adequado e eficiente dessa produção. Em relação ao Mercado de Peixes, nossa intenção é que todos tenham a responsabilidade compartilhada para oferecer um produto fresco e com excelente qualidade. Ubatuba tem potencial para isso e queremos que seja cada vez melhor, uma referência na região e até mesmo no estado.”

Para a gerente de Abastecimento da Smapa, Luana Tozaki, a participação do setor produtivo na construção da gestão no Mercado de Peixes é uma conquista que deve ser aproveitada, para o benefício de todos. “Esta capacitação só veio reforçar o que os pescadores já sabem em relação à qualidade do pescado. O diferencial é a possibilidade de poder opinar e contribuir com a reformulação do mercado, que afetará diretamente a qualidade do pescado em Ubatuba”.

Fonte: Assessoria de Comunicação – PMU

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.