Pescadores da Ilha Mem de Sá são contemplados por projeto liderado pela Embrapa

Até 06/02 professores e estagiários da Universidade Federal de Sergipe (UFS) visitam a Ilha Mem de Sá, litoral Sul de Sergipe. A atividade faz parrte do projeto “Gestão Participativa para o Desenvolvimento da Comunidade Mem de Sá, Itaporanga D’Ajuda, SE”, liderado pelo pesquisador da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju – SE) Fernando Fleury Curado em parceria com a UFS, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe; Sebrae/SE, Associação de Moradores da Ilha Mem de Sá e a Colônia Z9 de Pescadores.

Durante a visita serão realizadas diversas atividades, entre elas o cadastramento das embarcações, o tamanho do desembarque das pescarias, o diagnóstico da comunidade e a área estudada. Além disso, serão levantadas informações sobre as políticas públicas para o ordenamento pesqueiro. As atividades serão coordenadas pela professora do curso de Engenharia de Pesca Ana Rosa Araújo e pela professora do Departamento de Sociologia Mônica Santana.

O povoado Mem de Sá é formado por uma população de aproximadamente 75 famílias (em torno de 375 pessoas) que vivem há décadas em situação de isolamento geográfico em relação ao seu município, Itaporanga D’Ajuda. A comunidade está localizada numa ilha fluvial (denominada Mem de Sá), originada pelo povoamento iniciado por três famílias que, ao longo de várias gerações, estabeleceram uma profunda interação com o ecossistema local, fazendo da pesca a principal atividade econômica, além do preparo da farinha (cultivam mandioca e macaxeira) e do aproveitamento do coco, atividades estas que complementam a renda dos moradores.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.