Pesca farta deixa preço mais baixo

Com a pesca da tainha em alta, o preço do peixe no mercado está mais baixo e o grande beneficiado é o consumidor. Segundo José Maria de Oliveira, proprietário de uma peixaria no Mercado Público de Itajaí, no mesmo período do ano passado o quilo da Tainha sem ova era vendido a R$ 4. Hoje, a média é de R$ 2,50 o quilo.

Já o quilo com ova, que, em 2006 era vendido a R$ 8, hoje é encontrado a R$ 6. Um dos motivos do baixo preço da tainha está relacionado ao aumento da safra.

De acordo com o diretor do Sindicato das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (Sindipi), Antônio Momm, a expectativa é de que este ano a captura no Estado ultrapasse a 11 mil toneladas, enquanto em 2006 foram capturadas 3,2 toneladas peixe em Santa Catarina.

O Sindipi explicou que o baixo preço do peixe também se deve à baixa do dólar.

Isso porque a ova da tainha é exportada e a cotação em dólar. Quanto mais baixa a moeda americana estiver, mais baixo será o preço da tainha.

Apesar do preço baixo, tem quem reclame: os vendedores. Telma de Oliveira, proprietária de uma peixaria no Mercado Público de Itajaí, informou que tem vendido, em média, 500 quilos de tainha por dia e que, no ano passado, chegava a vender uma tonelada por dia.

– O movimento ainda não é o esperado, pois a concorrência é muito grande. Como tem muita oferta, quem não vende num dia acaba baixando o preço no outro.

O sindicato também informou que 90% da tainha capturada no Estado é consumida em território catarinense.

Do Agrol Notícias

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.