Peruibe – Mulheres invadem torneio de pesca do Aramaçan

mulher-pescando
Click para ampliar

A competição de alegorias do Torneio de Pesca e Lançamento do Clube Atlético Aramaçan este ano tem uma novidade: a presença de uma equipe organizada por mulheres. A festa, que tem 31 anos de tradição, acontece hoje e amanhã em Peruíbe, no Litoral Sul do Estado.

Cerca de 2.000 pessoas participam do evento, que abre o calendário anual da Federação Paulista de Pesca e Lançamento. Cinquenta e oito equipes disputam a pesca e destas, 12 competem na categoria alegoria, que é o diferencial do torneio do clube andreense. Acampamentos são montados na praia com música ao vivo, decoração, membros uniformizados e comidas especiais.

A equipe de mulheres se chama Confraria Feminina Fundo de Quintal e é composta por 50 pessoas. “Vamos lá para resgatar o espírito da família. Muitas reclamam que o clube é uma coisa para homem, mas a verdade é que nós não nos organizamos para participar dos eventos. Vamos mudar isso a partir de agora”, disse Soraia Marta de Lima Oliveira, presidente da confraria.

O tema da alegoria do grupo é Sorria, Você Está na Bahia com a Confraria. Para animar a festa das mulheres, o acampamento contará com capoeiristas, ritmistas ao estilo Olodum e grupo de samba. Os quesitos que valem nota para as 12 equipes que disputam a alegoria são acampamento, uniforme, fantasia, originalidade e culinária.

Apesar de pregar o “retorno do espírito familiar”, Soraia, presidente da confraria, não deixa de lado a gana pela competição. “Viemos aqui para disputar e ganhar. Os maridos também vêm, mas eles ficam com suas equipes e em suas pousadas. A gente se encontra na hora da festa”, afirmou.

O coordenador geral do 31º Torneio de Pesca e Arremesso do Aramaçan considera positiva a entrada da equipe feminina na disputa. “Mulheres já disputam o torneio de pesca, mas não tínhamos a presença delas na alegoria, que é uma grande festa. São muito bem-vindas e tomara que a iniciativa se alastre e outras equipes participem nos próximos anos“, disse.

Do Diário do Grande ABC

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.