Pará – Profissionais de pesca fazem treinamento

A Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), juntamente com o Instituto Acquamazon, promoveram, no início de agosto, a “Semana de Treinamento dos Técnicos Científicos de Bordo”, que é uma das etapas do Programa de Monitoramento da Pesca Industrial no Estado do Pará, projeto feito em convênio com o Ministério da Pesca e Aquicultura e criado com o propósito de obter e gerar informações relacionadas à pesca comercial da Costa Norte do Brasil.

Estas informações possibilitarão o desenvolvimento do setor e uma gestão moderna dos recursos pesqueiros com respeito ambiental e maior eficiência pesqueira, através da capacitação de profissionais e pesquisas voltadas às demandas e necessidades regionais.

INSTITUIÇÕES

O treinamento ocorreu no campus da Ufra, em Belém , e tem por objetivo capacitar todos os acadêmicos ou graduados no curso de Engenharia de Pesca e áreas afins das seguintes instituições (Ufra, UFPA, IFPA e CEPE) que participam ou pretendem participar da coleta de dados a bordo de embarcações pesqueiras das diversas espécies (piramutaba, camarão rosa, pargo e rede de emalhe) contempladas pelo Monitoramento da Pesca Industrial do Pará.

Durante o treinamento, o Instituto aplicou gratuitamente o teste psicotécnico e exame psicológico para bolsistas do programa e para os demais participantes do evento. De acordo com a exigência do Ministério da Pesca e Aquicultura, para embarcar o técnico deverá se submeter ao exame psicotécnico, no qual o resultado do mesmo será utilizado como documento obrigatório a todos que desejarem participar de embarques.

Ao final da Semana de Treinamento, o Engenheiro de Pesca do Acquamazon e coordenador de embarques, Ediano Sandes ressaltou a importância desses cursos para o profissional de pesca: “esse treinamento promove a difusão de conhecimentos para os técnicos científicos de bordo inerentes às adversas modalidades de pescaria (piramutaba, pargo, camarão-rosa e etc) realizadas no estado do Pará, bem como a capacitação dos mesmos quanto às metodologias de amostragem a bordos dos recursos capturados por essas pescarias”.

Este mesmo evento ocorrerá em Bragança, no período de 11 a 13 de setembro para capacitar estudantes da UFPA e do IFPA, que não tiveram a oportunidade de estar presente no treinamento em Belém, tendo em vista que a cidade de Bragança é um importante polo pesqueiro da região, de onde são embarcados inúmeros técnicos para o trabalho de amostragem a bordo.

Para mais informações sobre esse treinamento, entrar em contato com o Instituto Acquamazon, através do telefone (91) 3222-8682 ou acessando o site www.acquamazoon.org.br.

Diário do Pará

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.