Pará – Governo do Estado investe no setor pesqueiro de Santarém

Nesta quinta-feira (1º), além de inaugurar as obras de ampliação e reforma do Mercado Municipal Modelo, em Santarém, oeste do Estado, a governadora Ana Júlia Carepa entrega um caminhão frigorífico para a colônia de pescadores Z 20 e faz uma visita técnica à Estação de Piscicultura Santa Rosa. Ana Júlia também visita a Feira do Peixe Vivo no município.

Um dos principais centros geradores de emprego e renda da terceira maior cidade do Estado, o Mercado Modelo comercializa atualmente 10 toneladas de pescado, por dia, no atacado, e 800 quilos, no varejo. Estima-se que passem pelo local cerca de mil e quinhentas pessoas a cada dia. Nos finais de semana, esse número aumenta significativamente.

Dos 144 permissionários beneficiados com a reforma e ampliação, 44 comercializam pescado e agora vão trabalhar com melhores condições higiênicas e sanitárias. Foram investidos na reforma R$ 900 mil reais, sendo R$ 800 mil oriundos do governo do Estado e R$ 100 mil da prefeitura de Santarém.

Acompanhada da prefeita de Santarém, Maria do Carmo, do deputado federal Paulo Rocha (PT), do deputado estadual Carlos Martins (PT), da secretária de Estado de Pesca e Aquicultura, Socorro Pena, além de outras autoridades estaduais, Ana Júlia Carepa vai visitar a Estação de Piscicultura Santa Rosa, que também está recebendo investimentos do governo do Estado.

Em Santarém, a governadora vai entregar à Colônia de Pescadores Z-20 um caminhão frigorífico com capacidade para seis toneladas, adquirido por meio de convênio com o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), do governo federal.

Mais investimentos no Oeste – O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura (Sepaq) firmou convênio com prefeitura de Santarém no valor de R$ 170 mil reais para a reforma do mercado de Tupaiulândia. As obras possibilitarão o aumento de 24 para 44 no número de permissionários.

A parceria governo do Estado, prefeitura de Santarém e Ministério da Pesca e Aquicultura irá possibilitar a ampliação e a reforma da estação de piscicultura Santa Rosa. O investimento será em torno de R$ 1 milhão.

Com as obras de ampliação da estação será possível realizar pesquisas para a produção de alevinos de pirarucu, aumentar a produção de alevinos de peixes de um milhão (atuais) para dez milhões de unidades/ano, das espécies tambaqui, pirapitinga, matrinchã, tilápia, acará-açu e outras espécies regionais. Também será possível realizar pesquisas com outras espécies de peixes regionais.

Ascom – Sepaq
Agência Pará

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.