Operação Araguaia e Paranaíba Vivos – Piracema 2010 apreende quase 3 mil metros de redes

Linha Verde do Ibama (0800 61 8080), denunciando a pesca e possíveis locais de comercialização de pescados irregulares para maior eficácia ao combate aos ilícitos ambientais

Na segunda quinzena do mês de novembro, após o início do período da piracema, que, em Goiás, vai de 01/11/2010 a 28/02/2011, equipes do Ibama/GO e do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, sob a coordenação do chefe do escritório regional de Rio Verde, Waldivino Gomes Silva, desenvolveram uma ação de fiscalização denominada Operação Araguaia e Paranaíba Vivos – Piracema, apreendendo 2.290 metro lineares de redes de pesca de malhas variadas (de 7 a 18), 27 tarrafas e diversos petrechos proibidos.

Apesar do volume de material apreendido, o valor das multas aplicadas foi relativamente baixo ( R$ 2.650,00), pois o infrator foge com a aproximação da fiscalização, deixando para trás a prova de seu delito, impossibilitando sua identificação. Isto vem reforçar a importância de a população acionar a Linha Verde do Ibama (0800 61 8080), denunciando a pesca e possíveis locais de comercialização de pescados irregulares para maior eficácia ao combate aos ilícitos ambientais.

Um dado peculiar que chamou a atenção dos fiscais foi o fato de que 67% das redes apreendidas no rio Araguaia e no Caiapó (um de seus afluentes) ter sido, geralmente, próximo às ocupações irregulares – condomínios e ranchos – edificadas às margens do rio, em APPs (Áreas de Preservação Permanente).
Ascom Ibama/GO

Veja também

Projeto Prorobalo Unesp de Registro capacita guias de pesca

É promovida a prática da pesca amadora responsável Projeto da Unesp de Registro vem promovendo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.