Noruega – Crivella aprofunda intercâmbio nas áreas de pesca e aquicultura

O ministro Marcelo Crivella, da Pesca e Aquicultura, participa, da abertura da Nor-Fishing, em Trondheim, na região central da Noruega, considerada uma das importantes feiras de pesca do mundo. Esta feira, bienal, irá reunir entre 15 e 20 mil visitantes de aproximadamente 50 países.


No dia anterior à abertura do evento (13), Marcelo Crivella terá um encontro com a ministra da Pesca e Assuntos Costeiros da Noruega, Lisbeth Berg-Hansen. Já no dia 15 de agosto, em Alesund, cidade do litoral noroeste do País, terá encontro com produtores de bacalhau.


Na reunião com a ministra norueguesa, Marcelo Crivella irá discutir assuntos de interesse bilateral e aprofundar a parceria com a Noruega no setor de pesca e aquicultura, que se fortaleceu nos últimos anos, a partir da visita do ex-presidente Lula, em 2007.


Em março de 2011, o Governo da Noruega apresentou a “Estratégia Brasil”, documento que consubstancia a decisão de conferir prioridade ao Brasil no contexto da política externa norueguesa. E os resultados já aparecem. Atualmente o Brasil é o mais importante parceiro comercial da Noruega na América Latina. Apenas durante os primeiros nove meses de 2011, o intercâmbio bilateral cresceu 31,8% em relação ao mesmo período de 2010, atingindo US$ 1,3 bilhão.


Nor-Fishing


Esta feira norueguesa não é voltada para a comercialização de pescado. O expositores representam estaleiros e fornecedores de equipamentos de pesca, motores e máquinas; diagnóstico de peixes; equipamentos de navegação e comunicação; processamento de pescado; cadeia de frio, transporte e embalagem; e equipamentos de segurança e proteção ambiental. Também é forte na Nor-Fishing a divulgação de pesquisa e inovações nas áreas de pesca e aquicultura.


O Brasil tem grande interesse em obter avanços nas áreas de melhoria do processamento, embalagem, cadeia de frio e de logística do pescado. Pretende, também, inserir a pesca e a aquicultura no programa nacional de capacitação e formação de pessoal de nível superior no exterior, denominado “Ciência sem Fronteiras”. Assim, institutos de pesquisa e universidades norueguesas poderiam treinar brasileiros na área de pesca e aquicultura.


Em sua visita à Noruega, o ministro Crivella estará acompanhado do secretário de Planejamento e Ordenamento da Pesca, Flávio Bezerra, e da Secretária de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura, Maria Fernanda Nince Ferreira. Também integram a comitiva, entre outros, a assessora Internacional do MPA, Lúcia Maria Maierá; o secretário Paulo Chiarelli, encarregado de Negócios da embaixada do Brasil em Oslo; a presidente da Comissão de Pesca da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), Miyuki Hyashida; o presidente da Assembléia Legislativa do Acre, deputado José Élson Santiago Melo; e o deputado Carlos Magno, representante do Congresso Nacional.


Ao longo de toda a visita, a delegação brasileira será ciceroneada por dois representantes do Ministério da Pesca e Assuntos Costeiros da Noruega, Johan H. Williams, diretor especialista do Departamento de Recursos Marinhos e Gerenciamento Costeiro, e Per Christian Enge, assessor sênior do Departamento de Aquicultura, Produtos Alimentícios do Mar e Pescados.


Fonte: www.mpa.gov.br


MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.