MPA e prefeitura terminarão as obras de Entreposto de Pesca em Dourados

O Entreposto é uma reivindicação antiga, principalmente dos piscicultores da região

O superintendente federal de Pesca e Aquicultura de Mato Grosso do Sul, Paulo Roberto da Silva, realizou reunião com o prefeito de Dourados, Murilo Zauith, para tratar da continuação da construção do prédio de um Entreposto de Pescado a ser feito em Dourados.

O Entreposto é uma reivindicação antiga, principalmente dos piscicultores da região, e foi viabilizado com recursos de R$ 997.546,00 do governo federal, através do Ministério da Pesca e Aquicultura, mais os dez por cento de contrapartida da prefeitura local que, também, cedeu o terreno.

Em maio do ano passado foi feita a licitação para a construção do prédio, no entanto, a prefeitura não encaminhou as ações necessárias e a obra paralisou.

Na conversa de hoje, o prefeito disse que tem interesse em completar a obra e solicitou que a secretária de Agricultura, Indústria e Comércio, Neire Colman, presente na reunião e o secretário de Obras, Jorge Luiz de Lúcia, fiquem a frente do processo para que o prédio possa ser concluído.

Com a retomada das obras, estima-se que o prédio do Entreposto possa ficar pronto em seis meses. Já os equipamentos para o processamento do pescado, filetagem e posta, deverá ser comprado através de um projeto que está sendo negociado com o BNDES e cujo valor estimado é de R$ 2.400,000,00. Além de ser uma atividade que agrega valor ao peixe, o processamento e a distribuição que serão realizados pelo Entreposto visa atender um dos principais problemas que pescadores e pequenos produtores de pescado enfrentam que é a comercialização em pequenas quantidades, visto que, em média, a área de produção dos piscicultores é de 2 ha de lâmina de água. Outro problema a ser combatido é a sazonalidade da venda que, em geral, dá-se mais durante a semana santa.

As espécies são basicamente pintado, pacu, tilápia e tambacu. A gestão poderá ser feita por uma entidade que representa os piscicultores, e as regras de funcionamento serão feitas através de um convênio.

Festa do Peixe

Durante a reunião, Murilo Zauith pediu apoio financeiro do MPA para a realização da 8ª Festa do Peixe que acontecerá de 13 a 17 de abril no Parque Antenor Martins, assim como solicitou a presença da ministra Ideli Salvatti, do MPA, durante o evento. As reivindicações já foram encaminhadas pelo superintendente Paulo Roberto da Silva.

Assessoria de Comunicação da Superintendência Federal de Pesca e Aquicultura de Mato Grosso do Sul/MPA
Avenida dos Estados, 35 – Jd dos Estados
79 002 523 – Campo Grande – MS
67 3321 1190

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.