Mongaguá : peixes mortos aparecem e afastam turistas

Uma das hipóteses é a de que pescadores industriais tenham feito o descarte dos peixes, já que as espécies não têm valor comercial

A Secretaria do Meio Ambiente de Mongaguá, no litoral sul de São Paulo, investiga a morte de milhares de peixes costeiros que apareceram em toda extensão da praia na noite do último domingo, afastando os turistas. Segundo Fábio Rodrigo de Azevedo, biólogo da secretaria, uma das hipóteses é a de que pescadores industriais tenham feito o descarte dos peixes, já que as espécies não têm valor comercial.

É a primeira vez que isso acontece nesse porte. Acreditamos que eles possam ter sido descartados por esses pescadores que não têm autorização para fazer pesca em áreas de proteção ambiental, mas também não descartamos algum problema climático“, afirmou.

De acordo com ele, a prefeitura já trabalha na limpeza da praia para evitar problemas de saúde pública e atrair os turistas que estão na cidade, mas que preferiram não aproveitar o mar devido a sujeira na areia, com os peixes espalhados. Azevedo também disse que a condição da água é normal, segundo os órgãos ambientais, e que a quantidade de peixes é volumosa, chegando até a Praia Grande e Itanhaém.

A secretaria aguarda resposta de alguns órgãos de pesca para identificar possíveis embarcações industriais que tenham entrado em áreas de proteção ambiental. “Se tivermos algum registro, é quase certo de que o problema foi realmente causado por esse grupos. Muitas vezes eles ultrapassam as áreas de limite“, disse o biólogo.

Redação Terra

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.