Ministro da Pesca inaugura laboratório de pescado e duas fábricas de gelo em Santa Catarina

O investimento das três obras é de R$1.037 milhão

Três importantes obras serão inauguradas e entregues pelo Ministro da Pesca, Altemir Gregolin, em Santa Catarina, nesta segunda-feira, 27/09. Em São Francisco do Sul e em Balneário Piçarras, serão colocadas em funcionamento duas novas fábricas de gelo, um investimento de R$348 mil cada uma, beneficiando mais de 1.400 pescadores dos dois municípios. Em Araquari, Gregolin inaugura laboratório de processamento de pescado e de formação profissional em aquicultura, estrutura que recebeu verba de R$341 mil. As três novas obras representam juntas um investimento de R$1.037 mil.

O primeiro ato da agenda do ministro será às 13h30min em Araquari. No Instituto Técnico Federal (IFC) do município será inaugurado o Laboratório de Processamento de Pescado e Cozinha Experimental. O investimento chega a R$341 mil, sendo que o Ministério da Pesca investiu R$201 mil na construção dos 250 metros quadrados da obra e o IFC custeou R$140 mil para a compra dos equipamentos. No espaço, serão ministrados dois tipos de formação: as mulheres de pescadores receberão, em cursos de 300 horas, qualificação profissional em cozinha para elaboração de pratos da pesca. Em outra linha de formação, serão qualificados técnicos em aqüicultura, após um ano de formação.

GELO MAIS BARATO – Às 15h em São Francisco do Sul, o ministro entrega uma nova fábrica de gelo para os pescadores do município, através de convênio com a Prefeitura Municipal. O investimento na obra é de R$R$348 mil. A fábrica vai produzir 3 mil kg de gelo por dia, beneficiando os 1263 pescadores do município.

Logo depois, às 17h30min, o ministro Gregolin inaugura fábrica de gelo em Balneário Piçarras, município que tem 155 pescadores. A obra custou R$348 mil e vai produzir 3 toneladas/dia de gelo. Os pescadores beneficiados são da Colônia de Pescadores Z-26.

Uma fábrica de gelo muda a vida dos pescadores. O gelo é um dos maiores custos da atividade de pesca. Com a fabricação própria, o preço do gelo chega a ficar 50% mais barato, garantindo menos custos para a conservação do produto e menor valor do pescado para o consumidor final.

MAIS VAGAS – O Instituto Técnico Federal de Araquari tem uma longa atuação na área da pesca e da aqüicultura, realidade que vai ser ampliada com a inauguração do novo laboratório. Desde 2001, a instituição mantém núcleos de pesquisa aplicada à pesca e à aqüicultura familiar. A meta para os próximos anos é implantar um laboratório de organismos aquáticos, adquirir um barco-escola e ministrar um curso de pós-graduação de Sanidade em Aquicultura, formação que já será oferecida a partir do ano que vem.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.