Ministro da Pesca e Aquicultura assina convênios e entrega obras na Bahia

O ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, chega à Bahia nesta quarta-feira (22/09). Entre os objetivos da visita estão a inauguração de fábricas de gelo, unidades de beneficiamento de pescado e telecentros. Além da assinatura de ordens de serviço para estudos e demarcações de parques aquicolas no Estado.

Na quinta-feira (23/09) às 10h, na faculdade de Geografia da Universidade Federal da Bahia – UFBA, o ministro palestra para estudantes. Às 14h Gregolin participa de reunião do Fórum da Pesca na Bahia, no auditório do Banco do Brasil, na Direita da Piedade, onde debate com pescadores o cenário pesqueiro e aquícola no Estado.

A primeira agenda no interior acontece em Santa Cruz Cabrália onde serão inaugurados uma fábrica de gelo, no Cais de Santa Cruz Cabrália, uma unidade de beneficiamento de pescado, na comunidade indígena de Coroa Vermelha, e um telecentro.

A Unidade de Beneficiamento de Pescado (UBP) representa um investimento de 283 mil reais e está instalada na Aldeia Indígena Pataxó de Coroa Vermelha.O pescado capturado no mar chegará à UBP que possui capacidade de 1,5 toneladas/dia onde passará por processamento, seleção e classificação que ocorre de acordo com seu peso e tamanho, bem como a inspeção da qualidade, através da verificação de condições físicas e estado de frescor. Após evisceração ou filetagem ele é encaminhado para a mesa de embalagem para depois ser destinado ao mercado.

PARQUES AQUÍCOLAS – No dia 23, durante o Fórum de Pesca da Bahia, o ministro assina ordem de serviço para estudos e demarcação de parques aquícolas para produção de peixes em tanques-rede nas cidades de Sobradinho (BA), Xingó (SE, AL, BA), Moxotó (PE, AL, BA), Itaparica(PE,BA) e Paulo Afonso (BA). Serão atendidas cerca de seis mil famílias o que gera 23.840 ocupações e quase 100 mil empregos diretos. O investimento para estes estudos é de mais de R$3 milhões de reais.

TELECENTROS – O Sul da Bahia será beneficiado com quatro telecentros. A colônia de pescadores Z-35 de Mucuri e a colônia de Pescadores Z-51 de Santa Cruz Cabrália receberão os Telecentros Maré um investimento de mais de 21 mil reais do Ministério da Pesca e Aquicultura. Estes telecentros serão contemplados com dez computadores, impressoras, projetor de imagens, tela de projeção entre outros equipamentos.

As colônias de pescadores Z-21, de Belmonte e a colônia de pescadores Z-23 de Prado serão contemplados com os Telecentros.BR, iniciativa do Governo Federal através dos Ministérios do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Ministério da Cultura (MC) e Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Através destas iniciativas os pescadores e suas famílias possuirão ferramentas para capacitação e integração com o mundo digital.

MAIS PRODUÇÃO – A produção de pescado na Bahia cresceu de 76.000 para 119.000 toneladas entre os anos de 2007 e 2009 um crescimento de 56,5%, com isso o Estado passou de quinto para terceiro colocado na produção nacional. Especificamente a pesca passou de 64.000 para 99.000 toneladas, e a aquicultura saiu de 11.000 para 20.000 toneladas anuais, aumento de 81,8%.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.