Ministro Altemir Gregolin lança Ano do Ensino da Pesca no Brasil

O Ministério da Educação, através da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), e o Ministério da Pesca lançaram em Florianópolis (SC) dia 03/05, o Ano do Ensino Profissional da Pesca no Brasil. O evento marcou a importante fase por que passa a educação na pesca em todo o país. Atualmente 55 cursos técnicos nas áreas de produção, industrialização e consumo do pescado são ministrados em todo o país. Outros dez cursos serão criados durante este ano.

Formação Humana na área da pesca marinha e continental e na aqüicultura é o principal foco da Setec. Assim, investe-se na qualificação da mão de obra em todos os segmentos da produção e consumo do pescado, garantindo mais qualidade aos produtos, produtividade e geração de emprego e renda. Na maioria dos cursos, os alunos, estudantes dos institutos técnicos federais, já saem empregados mesmo antes da conclusão da formação, com salários superiores aos tradicionalmente oferecidos pelo mercado.

Estamos fazendo uma verdadeira revolução na pesquisa, na profissionalização e no conhecimento para que nosso setor se desenvolva e assim aproveite todo o nosso potencial”, destacou o ministro da Pesca e Aqüicultura, Altemir Gregolin, ao lançar oficialmente o evento nacional. No ato, Gregolin anunciou recursos de R$1 milhão de reais para as escolas técnicas de Itajaí e São Carlos, ambas de Santa Catarina, para a compra de equipamentos dos laboratórios dos cursos de aqüicultura e pesca.

O secretário nacional da Setec, Eliezer Pacheco, destacou a importância das inúmeras ações conjuntas que vêm sendo realizadas com o Ministério da Pesca, como o financiamento de projetos, aquisição de navios e barcos-escola, o combate ao analfabetismo, implantação de núcleos de pesquisa e o aumento de cursos profissionalizantes. “Nós queremos utilizar as nossas riquezas marítimas e continentais para o benefício do povo brasileiro”, sintetizou Eliezer.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.