Matança cruel de focas continua no Canadá

Humane Society International documenta sofrimento e aparentes violações das regulamentações que protegem mamíferos marinhos na matança de focas de 2009

OTTAWA, 21 de abril /PRNewswire-USNewswire/ — A Humane Society International/Canada (Sociedade Humanitária Internacional do Canadá) divulgou na terça-feira novo vídeo da caça comercial às focas de 2009 em uma conferência de imprensa com o senador Mac Harb, primeiro parlamentar canadense a apresentar um projeto de lei para dar um fim à caça às focas. Observadores documentaram vários casos de crueldade extrema, inclusive aparentes violações das regulamentações para proteção aos mamíferos marinhos do Canadá.

“A crueldade que registramos em filme este ano prova que a matança continua tão cruel e desumana quanto sempre foi”, disse Rebecca Aldworth, diretora da HSI/Canada. “Filmamos pessoas atirando repetidamente em focas em mar aberto, focas sendo cortadas ao meio enquanto aparentemente respondiam à dor, focas feridas sendo deixadas para sofrer no gelo, e focas feridas sendo deixadas escapar para baixo d’água onde sofrem uma morte dolorosa e lenta. Chegou a hora de o governo canadense dar um fim a essa crueldade retirando as licenças para a caça às focas”.

Veterinários especializados já afirmaram inúmeras vezes que a caça comercial às focas no Canadá tem caráter desumano por causa das condições do meio ambiente em que é feita e a velocidade com a qual a matança é realizada.

“Apesar de todos os esforços, o governo canadense não pode simplesmente regulamentar uma atividade comercial que é realizada nessas condições perigosas em um período tão curto”, disse o senador Harb. “O estilo competitivo da caça comercial significa que nunca vai ser humano, e considerando-se as realidades econômicas do custo da caça e a falta de mercados para a pele de luxo da foca, ela nunca será rentável. Vimos com nossos próprios olhos as condições perigosas e a brutalidade chocante da caça. A maioria dos canadenses quer que se dê um basta à caça às focas”.

Uma oposição avassaladora à matança comercial das focas fez com que vários países do mundo deixassem de comercializar produtos derivados da foca. Os preços da pele no Canadá caíram este ano, passando para 15 dólares canadenses por causa da falta de demanda — uma queda de 86% desde 2006. Apesar de significativos subsídios do governo, as focas representam menos de 0,5% do PIB de Newfoundland e Labrador, e menos de 2% do valor monetário da pesca em Newfoundland. Os comerciantes de focas são pescadores comerciais que ganham, em média, menos de 5% da sua renda anual matando focas.

O vídeo
(http://video.hsus.org/index.jsp?fr_story=b278ac364bd20785dd2e4480883136bc28d82329)
está disponível e pode ser baixado pela mídia.

Nota do Guia da Pesca = não consegui assistir ao vídeo, deixei o link, mas pelos relatos, são cenas fortes, fica ao critério de cada um assistir.

A Humane Society International/Canada lidera os esforços para proteção aos animais e representa dezenas de milhares de membros e grupos constituintes em todo o país. A HSI/Canada tem programas ativos para animais de estimação, proteção a habitat e vida silvestre, bem-estar de animais de cria e preservação de mamíferos marinhos. A HIS/Canada orgulha-se de ser parte da Humane Society International, uma das maiores organizações do mundo para proteção de animais, com mais de dez milhões de membros e constituintes em âmbito mundial. Seu web site é hsicanada.ca.

FONTE Humane Society International/Canada
CONTATO: Camille Labchuk, 1-613-252-4570, clabchuk@hsi.org, ou
Heather Sullivan, 1-301-548-7778, hsullivan@humanesociety.org, ambos da Humane Society International/Canada

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.