Lancha patrulha entra em operação e reforça a fiscalização no extremo sul da Bahia

Lancha possui recursos que permitirão aos fiscais passarem mais de um dia no mar

O novo equipamento disponibilizado pelo Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) integra agora a frota do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e veio reforçar a fiscalização ambiental e pesca predatória no Complexo dos Abrolhos.

A lancha possui 12 metros e foi custeada pelo Governo Federal no valor de R$ 1,3 milhão. Sua capacidade chega a mais de 60 quilômetros por hora. O barco também conta com equipamentos que facilitam a fiscalização da costa marítima, além de recursos que permitirão aos fiscais passarem mais de um dia no mar.

A lancha rápida foi uma grande aquisição, pois viabiliza ações conjuntas entre os órgãos de fiscalização no combate a pesca predatória e na proteção das unidades de conservação do Complexo dos Abrolhos, região com a maior biodiversidade marinha registrada no Atlântico Sul e uma das principais áreas pesqueiras do estado da Bahia.

No dia 27 de janeiro, servidores do ICMBio e policiais militares realizaram mais uma ação conjunta de fiscalização e combate a pesca irregular nos municípios do extremo sul da Bahia e nos limites das Reservas Extrativistas do Corumbau, Cassurubá e Parque Nacional Marinho dos Abrolhos a bordo da nova embarcação.

O resultado da ação foi a apreensão de uma embarcação que encontrava-se exercendo a pesca subaquática sem licença. Foram apreendidos também 82 quilos de pescado, um compressor e demais petrechos de pesca que estavam sendo utilizados em desacordo com a legislação. O pescado foi doado para duas entidades beneficentes de Prado.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.