Lagosta de Defeso é apreendida no mar de Fortaleza

Fiscais superintendência do Ibama no Ceará apreenderam hoje 600 metros de rede caçoeira. No dia 18/02 cerca de 40 lagostas miúdas e 1500 metros de rede caçoeira já tinham sido apreendidos. A lagosta está em época de defeso, onde não é permitido a pesca do animal de qualquer tamanho, até 31 de maio.

A lagosta foi apreendida com pescadores artesanais que atuam no mar de Fortaleza e Cumbuco em Caucaia. São normalmente comercializadas por vendedores ambulantes nas praias da capital e região metropolitana.

Mais uma vez a lei da oferta e procura entra em ação. Se a população não consumir lagosta miúda destes ambulantes em época de defeso, conseguiremos diminuir o crime ambiental, pois não o produto não terá vazão.

Os fiscais da superintendência do Ibama no Ceará continuarão a efetuar a fiscalização em terra, visitando os estabelecimentos que comercializam o crustáceo, e no mar, abordando as embarcações pesqueiras irregulares.

Mariangela Bampi
Ascom Ibama/CE

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.