Ipaam – Campanha ” Pescador Fique Legal “

A Campanha Pescador Fique Legal versão 2010 do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), de combate à pesca predatória e de orientações para o período de Defeso, já tem dia e hora para começar. Vai ser no dia 10 de novembro.

A data foi definida, em reunião ocorrida na sala de Treinamento do Ipaam com 33 participantes de 27 instituições representativas do setor pesqueiro. Segundo a gerente de controle de pesca do Ipaam, Raimunda Nonata Lopes, esta é a terceira edição da Campanha que “vem dando certo, porque é cada vez maior o número de entidades que tem participado e contribuído com suas experiências”.

A Campanha Pescador Fique Legal nasceu da necessidade de orientar os pescadores, comerciantes de pescado e consumidores do produto para a necessidade de observar o Defeso – período de reprodução das espécies de peixe no qual a pesca é proibida para assegurar a existência do recurso pesqueiro.

A Campanha reforça a filosofia do Ipaam de orientar e esclarecer aqueles que desenvolvem atividades de impacto ambiental para que se evitem os erros e as ilegalidades. No caso específico da pesca, para que se evite a pesca predatória que leva prejuízos aos ribeirinhos enquanto subsistência, aos trabalhadores da pesca reduzindo o mercado de trabalho e aos consumidores escasseando o recurso alimentar.

Ao abrir a reunião, a gerente de pesca do Ipaam demonstrou os materiais que vão servir de suporte para as abordagens que serão feitas nos barcos de pesca, nas balsas do peixe e nas feiras e mercados de Manaus e de municípios que aderiram a Campanha ou venham a aderi-la.

O evento de lançamento da Campanha Pescador Fique Legal será na Balsa do Peixe da Feira da Panair, em Educandos, zona Sul de Manaus, às 9 horas do dia 10 de novembro com a presença do IBAMA, SDS/Ceuc, Capitania dos Portos, Arsam, Polícia Militar do Amazonas, Amazonastur, Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento, Secretaria de Produção Rural; Sindicato dos Armadores, Pescadores e Proprietários de Barcos de Pesca do Estado do Amazonas; Superintendência do Ministério da Pesca e Agricultura, Fepesca e de Sindicatos e Colônias de pescadores, dentre estas a de Manaus, Careiro da Várzea e Careiro Castanho e Lábrea. Também confirmaram participação as prefeituras do Careiro Castanho e Careiro da Várzea, Itapiranga, Manaquiri, Manicoré e Manacapuru.

Ipaam

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.