Investimento do Governo Federal garante aumento na produção pesqueira da Bahia

Na última sexta-feira (30), o Ministério da Pesca e Aqüicultura (MPA) em parceria com o Governo da Bahia, realizou um encontro para tratar dos últimos detalhes da execução do contrato para a construção de quatro embarcações de pesca oceânica relativas ao Programa Nacional de Financiamento da Ampliação e Modernização da Frota Pesqueira Nacional – Profrota Pesqueira. Na ocasião, foram discutidos também os últimos detalhes dos convênios com os órgãos responsáveis pelo processo de incubação e capacitação tecnológica de Cooperativas Pesqueiras do Estado da Bahia.

O encontro contou com a participação dos representantes do MPA, do Governo da Bahia – Casa Civil/Bahia Pesca, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFBA, da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – ITCP-IFBA, Banco do Nordeste – BNB, do Estaleiro Phoenix Estalbras, da Cooperativa Mista de Pesca de Itacaré – COOMPI e da Cooperativa de Pescadores de Camaçari – COOPESC.

O processo de contratação será finalizado em breve, dando início à construção das embarcações que serão entregues às cooperativas de pescadores em Camaçari e Itacaré, selecionadas no início do programa. As contratações para a construção das quatro embarcações representam investimentos de aproximadamente R$ 15 milhões para o Estado da Bahia, considerando os valores financiados, capacitação das cooperativas e equalização das taxas de juros pelo MPA.

Segundo o Coordenador Geral de Incentivo e Apoio ao Crédito do MPA, Marcelo Burguez, a construção destas quatro embarcações representarão um incremento na produção baiana de pescado de aproximadamente 800 toneladas ano, conforme perspectiva de captura e capacidade de porão das embarcações financiadas. As novas embarcações que serão construídas atuarão junto aos novos terminais pesqueiros que serão construídos em Salvador e Ilhéus, numa parceria entre o MPA e o Governo do Estado da Bahia, através de investimento do Governo Federal no valor de R$ 19 milhões.

Keila Ramos Pereira
Ministério da Pesca e Aquicultura
Superintendência Federal da Bahia
Assessoria de Comunicação

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.