Ibama quer regras iguais para pesca em MS, MT e Paraguai

O Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) defende uma legislação uniforme para as bacias hidrográficas, de modo que as leis regionais tenham uma diretriz.

Segundo o superintendente estadual do órgão, Nereu Fontes, as regras de pesca deveriam ser estabelecidas a partir da realidade de cada bacia hidrográfica. A Bacia do Alto Paraguai, onde está localizado o Pantanal, por exemplo, abrange os territórios do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraguai e parte da Bolívia. Fontes defende uma legislação unificada para todas as regiões abrangidas por uma mesma bacia.

“Nosso desejo não é proibir, é convergir e ter uma legislação comum”, disse.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

2 Comentários

  1. a lei sim tem que ser igual mas temos que começar a preservar mais as margens dos rio que integram o pantanal alem de o rio ser predado por pescadores ilegais os rios estão recebendo um monte de areia todos os anos por descuido dos fazendeiros que desmatam ate a beira do rio sem contar com os lixos que as cidades mandam para dentro do mesmo.

  2. luiznabeta@hotmail.com

    sou pescador amador: parabens ao IBAMA por esta iniciativa,acho que deveria ser mais rigoso do que os estados,MS E MT,sou de maringá PR.que fica perto do rio IVAÍ,parece que aqui não há muita fiscalização,pois tem muitas pessoas que pescam com tarrafas;e tem pessoas que chegam sem exagero,a pescar ate 500 kg de curimbatas(curimbas como são conhecidas aqui)por pescaria .acho que deveria ter uma fiscalização mais rigorosa para combater esse tipo de modalidade,o rio IVAÍ,assim como todos os rios da uniaõ merece toda a atenção dos orgãos responsaveis.estou torcendo para que o IBAMA consiga atingir seu objetivo,que acima de tudo esta preservando a nossa fauna.parabens ao ibama e seus dirigentes que faz desse orgão uma das mais serias deste pais .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.