Ibama doa 400 quilos de camarão apreendido em Curitiba

As vistorias realizadas pelo Ibama em estabelecimentos que trabalham com camarão, realizadas esta semana na capital paranaense, resultaram na apreensão de cerca de 400 quilos do crustáceo, que está no defeso do período reprodutivo.

O camarão apreendido, das espécies rosa e sete barbas, foi doado para o Asilo São Vicente, para o Lar dos Idosos Socorro aos Necessitados, e para o Programa Mesa Brasil, do Serviço Social do Comércio, que faz a distribuição de alimentos para diversas instituições beneficentes.

A fiscalização vistoriou instalações de 10 empresas, e aplicou seis autos de infração totalizando R$ 33,6 mil em multas em Curitiba. Os estabelecimentos que trabalham com camarão tiveram prazo de sete dias após o início do defeso do crustáceo para declarar estoques existentes antes do período, para que pudessem comercializar o produto já estocado.

A Instrução Normativa do Ibama nº 189/08 determina a proibição da pesca de arrasto com tração motorizada do camarão entre os dias 1º de março e 31 de maio nas regiões sul e sudeste do Brasil, anualmente, para proteger a reprodução das espécies rosa, sete barbas, branco, santana ou vermelho e barba ruça. Os empreendimentos que trabalham com camarão precisam declarar os estoques para poderem comercializar o crustáceo no período de proteção. A fiscalização dos estabelecimentos pelo Ibama deve ocorrer durante todo o período do defeso.

Christian Dietrich
Ascom Ibama/PR

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.