Ibama doa 1,5 tonelada de camarão apreendido a entidades beneficentes, no Pará

Belém (19/11/2009) – Cerca de 1,5 tonelada de camarão seco, ingrediente típico da culinária paraense, foi doada a entidades beneficentes pela Superintendência do Ibama no Pará, nesta quarta-feira (18/11), em Belém, capital do estado.

Fiscais do órgão apreenderam o crustáceo na sexta (13/11), na filial de uma grande rede de supermercados da região, durante uma blitz contra a pesca ilegal na época do defeso. A empresa recebeu multa de R$ 134,6 mil por não ter apresentado a declaração de estoque.

Quem explora recursos pesqueiros que entram no defeso é obrigado a informar ao Ibama a quantidade do estoque no fim do período de pesca. No caso do camarão-rosa, a época de proteção reprodutiva ocorre de 15 de outubro a 15 de fevereiro, quando a captura é proibida.

“Quem desrespeita a proibição interfere no ciclo reprodutivo das espécies, diminuindo a quantidade de peixes para o ano seguinte”, explica Aline Moraes, chefe da Divisão de Fauna e Pesca do Ibama no Pará.

Creches, asilos e clínicas de recuperação de dependentes químicos, entre outras associações, receberam o camarão. Todas as entidades fazem parte do Mesa Brasil, programa integrante do Fome Zero, que apenas na cidade de Belém atende 146 instituições com alimentos.

Nelson Feitosa
Ascom Ibama

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.