Ibama apreende estoque ilegal de pargo no Ceará

O pescado é oriundo da região norte do estado

Na madrugada de hoje, a fiscalização do Ibama no Ceará, em ação- conjunta com a Polícia Ambiental, apreendeu 1.169 Kg de pargo (Lutjanus purpureus), que estavam sendo desembarcados no mercado São Sebastião, tradicional ponto de comercialização de pescado na capital cearense. O pescado é oriundo da região norte do estado, principalmente, dos municípios de Camocim e Acaraú.

Segundo a Instrução Normativa Interministerial n.º 01, de 27/11/2009, são proibidos a captura, o estoque, o benefício, a industrialização e a comercialização da espécie no período de defeso, que se estende de 15 de dezembro a 30 de abril.

Três infratores foram autuados e arcarão com multas de R$ 2.500,00, R$ 5.700,00 e R$ 16.400,00 (respectivamente), além de estarem sujeitos a processo criminal, e o estoque apreendido será doado a instituições de caridade devidamente credenciadas no Ibama.

Ascom/Ibama/CE

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.