Ibama apreende 3,5 t de pirarucu salgado no Pará

Ibama apreende 3,5 toneladas de pirarucu salgado em Marituba, Pará

O Ibama apreendeu 3,5 t de pirarucu salgado na terça-feira num depósito em Marituba, a 20 Km de Belém (PA). O peixe, que faz parte da lista de espécies ameaçadas pela sobrepesca, estava abaixo do tamanho mínimo permitido por lei. O dono da carga, doada a entidades sociais na região, foi multado em R$ 75 mil.

De acordo com o Ibama, a apreensão aconteceu no dia em que começa o período de proteção à reprodução do pirarucu, que vai de 1° de dezembro a 31 de maio em toda a Bacia Hidrográfica do Rio Amazonas.

É fundamental que o pirarucu não seja pescado no defeso para garantir o ciclo reprodutivo da espécie, que vai desovar e cuidar dos filhotes nesta época“, afirma o chefe da Divisão de Fauna e Pesca do Ibama no Pará, Alex Lacerda.

O tamanho mínimo permitido para a comercialização do pirarucu pescado antes de 1° de dezembro, cujos estoques foram declarados nesta quarta-feira ao Ibama, é de 1,50 m para o peixe fresco e 1,10 m para a manta salgada. “Pesquisas mostraram que este é o tamanho médio da primeira reprodução. Ou seja, quem pesca um peixe menor, impede sua desova e sobrevivência na natureza“, disse Lacerda.

Ibama apreende 3,5 toneladas de pirarucu salgado em Marituba, Pará

Fonte = Ascom Ibama

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.