Iº Encontro Nacional da Pesca Amadora se inicia amanhã, em Brasília

Os estados de todo o Brasil e mais o Distrito Federal já elegeram as suas delegações para participar do Iº Encontro Nacional da Pesca Amadora, que se inicia amanhã, quarta feira, dia primeiro de setembro, em Brasília. O encontro contará com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura (MPA), Altemir Gregolin.

“O encontro é um marco para a pesca amadora e um momento de união para o setor, já que reunirá representantes de todo o Brasil que atuam neste segmento”, afirma Carlos Alexandre Gomes de Alencar, coordenador da comissão organizadora do evento. As resoluções tomadas no encontro serão consideradas na elaboração das diretrizes e políticas públicas do governo federal destinadas à pesca amadora brasileira.

O Iº Encontro Nacional da Pesca Amadora, que terá duração de dois dias, será realizado no espaço do Lakeside Convention & Resort, no Setor Hoteleiro Turístico Norte, na capital federal.

Interesses diversificados

A pesca amadora está bem disseminada em todo o país. A Amazônia, o Pantanal, as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul do Brasil, além de alguns estados do Nordeste, como a Bahia, tem excelente potencial para o desenvolvimento da atividade.

Os delegados eleitos para o Iº Encontro Nacional da Pesca Amadora representam diversos segmentos relacionados à pesca amadora. Entre os delegados da região Norte se encontra Leonardo Leão, da Associação dos Operadores de Barcos de Turismo da Amazônia (AOBT); o engenheiro agrônomo Lahire Figueiredo Filho, da Secretaria de Pesca e Aquicultura do Estado do Pará; Jander Mouro, de Rondônia, da Associação Ecológica Amigos da Pesca de Cacoal (ASPEC); Ana Fátima Melo , do Ibama de Roraima; e Renato dos Reis, representante dos pescadores subaquáticos do Estado do Tocantins.

Do Nordeste, entre outros delegados, foi eleito Marcel Brito, da FISH COMPANY, operadora de turismo de pesca no litoral da Bahia. Da região Centro-Oeste foi eleito delegado, entre outros, Cairo Bernardino, presidente da Associação Ambientalista, Turística e Empresarial de Cáceres, de Mato Grosso; e João Carlos da Silva, da Associação dos Profissionais da Pesca Amadora e Turismo da Colônia Cachoeira (APPATur), de Mato Grosso do Sul.

Do Sudeste vêm nomes como Alexandre Tanaka, da Federação Capixaba de Pesca e Desportos Subaquáticos (FECAPE); Alexandre Estanislau Silva, da Federação Mineira de Pesca Esportiva; Eduardo Schebuk, da Associação dos Empreenderores de Serviços Turísticos de Presidente Epitácio, São Paulo; e Eduardo de Almeida, representante dos pescadores subaquáticos do Rio de Janeiro.

Da região Sul comparece, por exemplo, Hélio Zanella, representante da Liga Paranaense de Pesca Esportiva (LPPE), e Ítalo Franzoi, representante de associações de pesca do Rio Grande do Sul. O Distrito Federal indicou nomes como o de Cláudia Maldonado, da Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux.

Participarão ainda, como convidados, representantes dos ministérios da Marinha, do Turismo e do Meio Ambiente, do IBAMA, do ICMBio e de secretariais estaduais de Meio Ambiente e do Turismo.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.